‘Dialogando com os acidentados’ debate cultura de segurança do trabalho com colaboradores do Hospital do Açúcar

Hospital do Açúcar - 59 anos

‘Dialogando com os acidentados’ debate cultura de segurança do trabalho com colaboradores do Hospital do Açúcar

19:19 30 março in Últimas Notícias

A primeira rodada de 2016 do “Dialogando com os acidentados”, promovida pela gerência de gestão de pessoas do Hospital do Açúcar, recebeu nesta segunda-feira,28, cerca de 30 colaboradores  para escutar seus depoimentos e verificar os casos que acarretaram acidentes no ambiente de trabalho.

O espaço aberto para ouvir os relatos também foi utilizado pela comissão organizadora para discutir as condições vulneráveis ao ato acidental e avaliar individualmente os fatores específicos, envolvendo estrutura, prevenção e conscientização.  O “Dialogando com o colaborador” também contou com a participação de especialistas em segurança e engenharia do trabalho, representantes do setor de medicina do trabalho do Hospital do Açúcar e enfermeiras.

Segundo a analista de gestão de pessoas, Edleuza Romão, além de verificar as circunstâncias do contexto do acidente, o colaborador foi convidado a refletir sobre a importância de adquirir hábito de segurança na atividade laboral.  “É importante estabelecer um canal de diálogo com o colaborador para que ele possa se sentir a vontade e colocar sua visão sobre as condições de trabalho que o cerca. Isso é importante por criar um hábito saudável de se antecipar a possíveis acidentes, evitar omissão e estabelecer uma rotina segura de trabalho que não afete sua  saúde e bem estar no futuro”, explicou.

A condição insegura do trabalho foi um dos pontos constantes detectados pela equipe técnica. “A maioria dos relatos evidenciam a condição insegura do trabalho. Apesar das visitas constantes aos postos de trabalho, ainda existem pontos que deixam o trabalhador vulnerável, isso porque cada setor precisa de equipamentos e dispositivos de segurança próprios, caracterizados”, explicou Edleuza.

Plano de ação

A partir das informações colhidas em ata, a comissão fará um relatório com as narrativas apresentadas no “Dialogando com acidentado’ para ser apresentado às gerências. Algumas medidas preventivas como uso de acessórios adequados e manutenção de material de trabalho, passarão por análise para reverter a condição insegura de trabalho que levam aos acidentes. “A ideia é reverter esse quadro de acidentes a partir de um plano de ação, identificando pontos e pessoas responsáveis por cada um deles, com isso será gerado um relatório, podendo levar situações que foram apresentadas aqui para a próxima reunião como forma de incremento no sentido de orientar”, ressaltou.

A reflexão final do encontro foi unânime: “A ideia é não haver registros de acidentados, que o diálogo passe a ser apenas com o colaborador, partilhando sua rotina de trabalho”.  O “Dialogando com o acidentado” possui rodada de reuniões a cada dois meses e foi implantado na gestão passada com excelentes resultados.

Galeria de imagens do evento: