Bloco “Doces Guerreirinhos” leva alegria e irreverência aos corredores do Hospital do Açúcar

Bloco “Doces Guerreirinhos” leva alegria e irreverência aos corredores do Hospital do Açúcar

14:38 09 fevereiro in Últimas Notícias

A folia e irreverência do bloco “Doces Guerreirinhos”, formado pelas crianças em tratamento no serviço de oncologia pediátrica do Hospital do Açúcar, contagiou  de crianças internadas à adultos com o ritmo acelerado do frevo,  durante desfile na manhã da última quarta-feira,7.

Com fantasias, confete e apitos, os pequenos tomaram as instalações do Hospital do Açucar, esbanjando a alegria do viver. Ao som de um orquestra de frevo, o bloquinho desfilou pelos corredores do Hospital do Açúcar, setores administrativos, parte externa e  visitou  a ala da pediatria avisando as crianças  que a festa de momo já estava decretada.

A folia da oncologia pediátrica para saudar o carnaval foi prestigiada pela primeira vez pela família do pequeno Nicolas, que iniciou tratamento em setembro passado. Dona Jassia da Silva, sua mãe,  aprovou a iniciativa. “É  a nossa segunda festinha aqui com as crianças em tratamento. Tenho notado que contribui muito essa interação e momentos divertidos, já que temos um tratamento que machuca bastante. Farei questão de participar de todas”, reconhece Jassia.

O grito de carnaval de forma inclusiva e acelhodora fortalece a política de  humanização do atendimento clínico e hospitalar no contexto do tratamento de doença no serviço de Oncologia Pediátrica do Hospital do Açúcar. Segundo a assistente social, Aline Moraes, o Hospital tem  colocado em prática o modelo  na assistência e extendido de modo positivo à diversos setores. “A descontração e a experiência positiva de uma festa criativa e livre como é o carnaval pode provocar um turbilhão de sensações animadoras para uma criança submetida a rigidez do tratamento de um câncer. Então, cada vez mais, enxergamos as festividades como uma ferramenta importante para esse universo, afinal estamos falando de crianças em plena infância”, explica a assistente social.

Acolhimento

Guiados pelos standart,  a cada setor visitado no percurso do bloco, os pequenos recebiam o carinho dos colaboradores e usuários do Hospital do Açúcar. “A magia do carnaval em permitir que deixemos  de lado os problemas para comemorar as coisas boas da vida  traduz um pouco  nosso trabalho com esses pequenos ao realizar esse bloquinho. É a necessidade de permitir momentos alegres, leves e mágicos”, completou, entusiasmada,  a enfermeira Fabiana, que enfrentou todo percurso do bloco.

Assim como as demais festas do calendário da Oncologia pediátrica, o bloco “Doces Guerreirinhos” contou com o apoio de doações de voluntários que acompanham o trabalho feito pelo Hospita. Após o desfile do bloco, os pequenos desfilaram suas fantasias, participaram de brincadeiras e lanche coletivo.

Galeria de Imagens: