Hospital do Açúcar forma novos especialistas médicos

Residentes

Hospital do Açúcar forma novos especialistas médicos

19:51 29 fevereiro in Últimas Notícias

Confirmando seus vinte e seis anos de tradição na formação de especialistas médicos, o Hospital do Açúcar por meio de sua Comissão de Residência Médica (Coreme) certificou, durante um café da manhã nesta quinta-feira (25), no centro de estudos desta Unidade, mais quinze novos especialistas.

O evento foi conduzido pela coordenadora do COREME e da residência de clínica médica do Açúcar, Juliana de Amorim Matos. Ela ressaltou a qualidade técnica dos profissionais para o exercício da profissão.  “Vejo esses novos médicos preparados para entrar no mercado. Eles, de fato, atenderam as expectativas e tudo isso se deve também aos ensinamentos passados aqui, à colaboração dos preceptores, além da contribuição dos próprios pacientes, que são o maior instrumento de trabalho deles”, afirmou a coordenadora.

Raymundo Fagner Farias, aos 29 anos, foi um dos que se formaram nesta data. Arapiraquense, fez medicina pela Faculdade Integrada Aparício Carvalho (FIMCA), de Rondônia, na região Norte do país. Ele residiu no Hospital do Açúcar na especialidade de Cirurgia Geral e atribui à residência como “mais uma etapa de possibilidades para melhorar a saúde do paciente”.

“O aprendizado nunca acaba, mas o resultado e o que aprendi aqui foram bastante proveitosos. A gente tem que agradecer ao Hospital do Açúcar, desde os funcionários, até os diretores; dos preceptores, até os pacientes”, acrescentando durante seu discurso, que recebeu do Hospital toda estrutura necessária para a qualificação.

O ex-coordenador da Coreme do Hospital do Açúcar e coordenador da residência de ortopedia, Rafael Kennedy, também foi homenageado durante a cerimônia. Para ele, a residência é um período não só de aprendizagem como também de reflexão da profissão.

“Este é um momento para aprender, mas também para discutir a ética e o comportamento dentro da medicina. É um período importante para a formação médica. É ir além da estrutura de onde esteja residindo, o comprometimento do residente é o que vai fazer dele um bom profissional”, afirma Kennedy.

A turma concluinte tem especialistas com atuação em sete especialidades: 04 em clínica médica, 02 em ortopedia, 02 em cirurgia geral, 02 em anestesiologia, 01 em UTI pediátrica, 02 em neonatologia e 02 em radiologia intervencionista.

BCCOM Comunicação